segunda-feira, julho 17, 2006

Sem retorno

Encontrei-o esquálido, andrajoso, absorto de palavras. Tantos anos sem o ver! O meu príncipe das marés, o meu Romeu galanteador, comensal da minha boca adolescente, povoador dos meus sonhos mais ousados. O meu cigano kusturica.
Agora, angustia-me a alma no seu alheamento, disfarçando recordações, como se indigno das nossas memórias.

Não fiz qualquer referência ao passado, ao nosso passado.
- Casaste?
- Não.
- Ainda estás no Algarve?
- Hum hum.
- Estás bem?
- Hum hum.
Desisti. Apetecia-me acarinhá-lo, levá-lo comigo para recantos antigos, alinhavar-lhe a alma, bordar-lhe o corpo, cumprir promessas antigas eternamente adiadas, como os versos inacabados em que era profícuo.
Afastei-me do Kebra e da insuportável promiscuidade de corpos em combustão carnavalesca. Entrei no carro. Rumei incerta tentando pensar o menos possível. Em vão. Meu Deus, nem um beijo nos demos.
O que fazemos nós do tempo, o que o tempo faz de nós!
Despejo-te inteirinho fora de mim, que me magoas acabado. Adeus.

14 comentários:

PortugaSuave disse...

"Kebra... insuportável promiscuidade de corpos em combustão carnavalesca"

NÃO ME VOU ESQUECER DESTA :D

O texto é de fino recorte poético. Parabéns Cristalinda e cumprimentos

Cingab disse...

:S

Achadiça disse...

"comensal da minha boca adolescente"

muito bonito cris...mas esquálido e andrajoso! aquilo é atitude, tipo james dean, versão madura...anti-herói por convicção.
quanto aos silêncios...é melhor, também eu, silenciar.

Achadiça disse...

amigo cingab
se a memória não me falha :S quer dizer chateada... não foi com certeza o texto da cris que lhe toldou a disposição... anime-se pois tristezas não compram carros :P
Se pudermos ajudar em alguma coisa ou se quiser desabafar esteja à vontade

B:»»

Galinha Riça disse...

Ai ai que isto começa a ser muito pessoal... cuida-te Cris! Também gostei.

Bons repenicos

Sr. Fulano Tal disse...

Está muito bonito. Triste mas bonito.

Cumprimentos

Cingab disse...

@Achadiça,
O Sr. Fulano tal percebeu o :S

Achadiça disse...

afinal estes rapazes têm sensibilidade!

Sr. Fulano Tal disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Cingab disse...

sensibilidade e bom senso!

Cristalinda disse...

Gostava de dedicar este pequeno texto a todos os "ciganos e ciganas kusturica" que povoaram a nossa adolescência (para quem não viu recomendo Tempo de Ciganos). Este sentimento de nostalgia é muito próprio dos meios pequenos. A proximidade das nossas vidas acende-nos memórias disfarçadas - por vezes um sorriso cúmplice, outras um olhar comprometido... outras ainda uma atitude de excessiva reserva, raramente uma amizade esclarecida. Para esses meios silêncios fica este registo carinhoso.

B~~

Sr. Fulano Tal disse...

Mesecina! Mesecina! ;)

Cristalinda disse...

:D

Galinha Riça disse...

Do que te foste lembrar! Agora fiquei para aqui a pensar e a recordar o meu cigano Kusturica... que por acaso são dois

Breuu - bons repenicos (foi o melhor que pude arranjar)