sexta-feira, junho 16, 2006

Alfa-pendular

Não raras vezes esta terra que eu gosto sufoca-me. Bem sei que sou eu a culpada. Incapaz de reter ansiedades cosmopolitas, que, mesmo cumpridas, se fazem acompanhar invariavelmente de monótonos regressos, embarco em viagens insensatas, em busca de um breve momento de urbanidade, um ou dois dias (ou noites) de muita gente à minha volta. Outros discursos, outra pronúncia, outros códigos, a mesma ausência... a cada viagem mais acentuada - a tua ausência.
Pareces radiante quando me esperas, no cais da Gare do Oriente. Depois levas-me a jantar e começa a cortante saga do telemóvel. É fim de semana, dizes, é fundamental que a malta se organize... sabes, aqui não é como em Canas, aqui temos que nos procurar e combinar os programas com antecedência, reunir consensos, senão é um caos de desencontros, problemas de estacionamento, dificuldades para entrar nos bares, nas discotecas, incompatibilidade de gostos, enfim, estás a ver... é o que faz a diversidade...
A diversidade de que eu venho à procura e que me irrita mal a encontro. Mas esta sou eu, com as minhas insatisfações, sabedora da razão porque não pegas em mim e me depositas tranquilamente naquele bar de que eu gosto e onde já nos divertimos sozinhos. Não, agora temos que partilhar tudo com as tuas amigas, que, coitadas, não conseguem disfarçar o incómodo acumulado de gostarem de ti e de te reservarem para mim nas poucas vezes que estou. Sempre solícitas, disfarçando sorrisos comprometidos no sabor dos teus beijos comunitários.
Não. Não são ciúmes, pois o tempo (o meu tempo) já tratou de os apaziguar. Já só gosto de ti nos solavancos do comboio, esporádicos sobressaltos do meu corpo, que insiste, todo ele, em desejar a agitação da grande cidade.
Mesmo assim gosto quando me aguardas no cais. Mesmo assim gosto que me leves a jantar. Mesmo assim regresso insatisfeita.

B~~

18 comentários:

Sr. Fulano Tal disse...

A incerteza é uma coisa estranha e no entanto fascinante.

Cumprimentos

Cingab disse...

Muito bonito!..

ardina disse...

Lindo

Achadiça disse...

"Já só gosto de ti nos solavancos do comboio, esporádicos sobressaltos do meu corpo, que insiste, todo ele, em desejar a agitação da grande cidade."
...andas a aprender com a rosa púrpura???? então cris entrego-te isto por uma semana e começas logo a fazer estragos. vais expor aqui as tuas "misérias" sentimentais, tipo diário de clausura. depois não te admires se te toparem. mas é verdade sim senhora, está bonito e já ganhamos um género novo, pelos vistos apreciado pela franganada. se te continuar a dar para aí tens todo o meu apoio, venham daí as tuas lamúrias.
B:»»

PortugaSuave disse...

Parabéns Cristalinda ou Cristalindo (o Cingab deve saber do que fala). Perdoe-me a suposição, pois isso não interessa nada. Seja! Quem for que seja. Afinal somos todos um pouco assexuados, personagens virtuais dificilmente consoláveis, como uma de vocês algures disse.

Bem aparecida Achadiça. Curioso, olhe que já sentia a sua falta. A malta afeiçoa-se depois é o que dá.
Já agora Cris (posso também tratá-la assim?), conheço um bar em Lisboa em que a menina se iria achar muito confortável. Quando lhe der essas ansiedades é só dizer. Conte com a minha discrição P:

Achadiça disse...

olha olha o meu amigo portuga também com insinuações...mas cheio de saudades minhas e já a lançar uma piscadela à cris. bem bem... kiss kiss bang bang, percebeu?

então riça essa crónica chega ou não. já te esqueceste outra vez como se faz a postura...a idade não perdoa. manda essa preciosidade por mail se estiveres com dificuldade

mas portuga agora fiquei com curiosidade, diga lá o nome do bar, que é para quando eu lá for poder avaliar do seu bom ou mau gosto P:
B:»»

B:»»

Cingab disse...

Se fosse no Porto até dizia onde!...
:P

O Pilha Blogs disse...

Estou a ver que para esses lados de Canas de Senhorim vai ser perciso muito, mas muito milho para acalmar todas a Galinácias chocadas por essas bandas...

Cingab disse...

Nem tudo o que parece é!... Às vezes comvém apalpar a fruta ante de a comer... Não vá ter minhoca!...

Achadiça disse...

pois é cingab, estou mesmo a vê-lo atracado a um churrasco e preocupado a avaliar se o animal é frango ou franga...com minhoca ou sem minhoca certamente lhe fará bom proveito P:

B:»»~~, como diria a dona dona, por falar na donadona, por onde é que ela anda que nunca mais a vi???

Galinha Riça disse...

Olá a todos e a todas(?)
Cristalinda este texto está muito bem conseguido. Autobiográfico ou não revela sentimentos que também partilho. Dá-nos mais. Beijo ternurento e bons repenicos.

Achadiça deixa lá isso, o meu receio era outro...sabes bem qual! Como vês já consigo "posturar" sem a tua ajuda. Espero que gostem...acho que estou a perder inspiração...também não acontece nada de especial nesta terra. Que saudades daqueles tempos de guerrilha... e eu que nesse tempo não sabia o que era um berloque

Cristalinda disse...

Obrigada pelas vossas palavras e desculpem só agora aparecer mas nem sempre posso aceder à NET.

Achadiça
Lamúrias! Não comeces com as tuas coisas... qualquer dia inibes-me e não consigo escrever nada

PortugaSuave
Há bar e bar, há ir e voltar -risos...como é que se faz risos será :) deve ser
Um dos que mais gosto em Lisboa fica na esplanada do Adamastor - Bairro Alto. Conhece?

Pilha Blogs?????
Se fosse pilha-galinhas tínhamos frenesim cá na capoeira :)

Cingab
Onde levava uma amiga no Porto? E um amigo? E ambos? E onde iria sozinho? Venha lá essa informação.

Riça
A crónica está óptima. Qual falta de inspiração qual quê...

Cingab
O que é que lhe anda a causar transtorno? :):):)

B~~

Cingab disse...

@Cristalinda,
Sozinho ia para um qualquer (!) bar na Ribeira...
Com amigos para gaia ou matosinhos
Com amigas... bem, com amigas não ia muito longe!... Talvez também na Ribeira!
Se for para marcar um encontro deste blog... Bem, aí tamvez o "Swing"!...

Cristalinda disse...

Um encontro deste blogue! No Swing! Porque não no Zé Pataco? Aos Domingos, ao almoço, vou lá buscar uns frangos...está disponível? É que ando com apetites de moços perturbados :)

Ai Cingab Cingab... quanto do teu sal são lágrimas de Portugal?

B~~

PortugaSuave disse...

Adamastor...isso não será um pouco tenebroso?

PortugaSuave disse...

Já agora um dos bares que eu mais gosto em Lisboa é o Inda a Noite é Uma Criança, privado mas com entrada livre, ambiente familiar, acolhedor, com música ao vivo de qualidade...aberto até às quatro, cinco, depende dos clientes, o fino é que é caro (2,5€). Juro que não me pagam a publicidade... conhece Cristalinda?

Cingab disse...

@Cristalinda,
Você é que perguntou!...
Se anda com apetite de moços perturbados, aqui fica uma morada:

Hospital de São Teotónio EPE
Abraveses
3515-126 Viseu
Tef.: 232 459 957

Por te cruzarmos... Quantas noivas ficaram por casar...

Achadiça disse...

já agora...nada vale a pena quando a alma é pequena

deixem-se de tretas e força nas canetas

viva Portugal